VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Já sou motorista

Economizar: qual o verdadeiro custo de um carro?

Quem tem carro sabe muito bem que para mantê-lo em boas condições, alguns  gastos são exigidos, devido aos cuidados que são fundamentais para o seu bom funcionamento 

Mas há várias formas de você  diminuir o custo de um carro se adotar algumas estratégias no dia a dia.

É claro que algumas dessas despesas são inevitáveis, como é o caso do pagamento do DPVAT e do IPVA. Mas o modo como você conduz o veículo também pode pesar no seu bolso.

Economizar com o custo de um carro é uma forma de melhorar seu orçamento e algumas práticas podem ajudar bastante nisso. Portanto, confira agora como reduzir custos com o seu veículo de forma efetiva.

Acelerar com suavidade

É normal que o carro demore um tempo até recuperar a velocidade pretendida, principalmente após parar em um semáforo ou diminuir pra fazer uma curva, por exemplo.

O problema é que vários motoristas, insatisfeitos com as limitações do veículo em questão de aceleração e retomada, acabam forçando um pouco para tirar o carro da inércia e colocá-lo em movimento rapidamente.

Com essa prática, eles podem acabar trocando de marchas e fazendo o conta-giros atuar em alta. Como consequência, o gasto de gasolina também aumenta, refletindo no custo de um carro.

Evitar velocidades mais altas

O custo de um carro pode ficar mais elevado de diversas formas, e a velocidade em que o motorista dirige é uma delas, pois quando o automóvel é forçado a uma aceleração acima da recomendada naquele momento, uma série de inconveniências podem ocorrer, inclusive no motor do carro.

Além de colocar em risco a segurança do motorista e dos passageiros, a condução em alta velocidade também força o conta-giros a trabalhar com mais intensidade e acaba aumentando o consumo de combustível em uma taxa além do desempenho normal do veículo.

Engrenar o carro nas descidas

Manter o custo de um carro de forma que você consiga mantê-lo é o ideal, e por isso, levar em consideração algumas dicas é muito importante para que você consiga sentir essa diferença positiva no seu bolso.

Existe um mito muito disseminado entre motoristas de que o custo de um carro = diminui, em relação ao combustível, se descer uma ladeira desengrenado ou “na banguela”, como se diz popularmente.

Na verdade, o veículo acaba gastando mais, uma vez que o motor precisa receber ainda mais combustível para manter a rotação em marcha lenta. 

Além disso, a prática de descer ladeiras em marcha neutra também pode deteriorar mais rapidamente e até danificar peças do seu carro, já que isso acaba interrompendo a lubrificação do motor.

Então, não se esqueça de engrenar o carro nos declives, pois ao contrário do que você sempre escutou, essa sim é a forma correta de diminuir o custo de um carro. 

Manter os pneus calibrados e as rodas balanceadas e alinhadas

Fazer a manutenção dos pneus e das rodas é extremamente importante para diminuir o custo de um carro. 

Imagine, por exemplo, empurrar um carrinho de compras cheio, mas que tem as rodas dianteiras tortas pra dentro. Seria preciso muito mais força para manter o percurso, não é mesmo? Isso também ocorre com o automóvel.

E na hora de calibrar os pneus, é preciso seguir o nível de pressão recomendado pelo fabricante do veículo, ou seja, entender qual a calibragem correta dos pneus. Em alguns carros, essa indicação está disponível na parte interna da tampa da entrada do tanque de combustível. 

Em geral, os pneus devem sem calibrados de 15 em 15 dias.

Lavar o carro em casa

Os lava-rápidos ajudam bastante, mas se você gosta de manter seu veículo bem limpo, por que não colocar a mão na massa e limpá-lo em um fim de semana? Isso vai ajudar diminuir o custo de um carro. 

Para muitos, dar aquele grau no possante é até mesmo uma forma de passatempo.

Fazer manutenção preventiva

Fazer a manutenção preventiva é uma forma de garantir um menor custo de um carro, pois imagina o gasto que você terá ao ter que arrumar o motor do automóvel, por exemplo. Por isso, gastar um pouco a manutenção é muito melhor do que lidar com grandes gastos depois.

Para que você consiga evitar maiores danos ao veículos e surpresas para o  seu bolso, é interessante seguir as recomendações do fabricante e obedecer corretamente os períodos de manutenção do automóvel, inclusive em relação à troca de fluidos e filtros.

Um filtro de ar sujo, por exemplo, reduz o fluxo de ar que entra no motor e danifica a mistura de ar e combustível necessária para que o veículo tenha um bom desempenho.

Você também precisa observar se o óleo é de boa qualidade, visto que, se o produto for ruim, o seu uso aumenta o consumo de combustível por provocar maior atrito do motor. 

Por essas e outras, faça corretamente as revisões do seu veículo para conseguir diminuir o custo de um carro..

Usar combustível de qualidade

O consumidor brasileiro já está acostumado a pesquisar preços antes de fechar a compra de um produto. Mas quando a questão é gasolina não se deve levar em conta apenas o preço do litro. É fundamental investigar a qualidade do combustível.

Isso ocorre porque no Brasil não é raro encontrar gasolina “batizada”. É um barato que pode sair caro! O combustível adulterado é composto por uma porcentagem maior de álcool do que a permitida pela lei, que é de 27%.

Essa prática faz com que o motor do veículo funcione com um desempenho abaixo do normal e pode danificar também a parte mecânica do carro. Para evitar que isso aconteça, veja se o posto tem o selo da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O seu veículo também pode apresentar determinados sinais de que está sendo abastecido com gasolina adulterada, vencida ou de péssima qualidade. 

É o que acontece, por exemplo, no momento em que o motor começa a bater os pinos (fazer barulhos incomuns) em subidas. Caso isso aconteça, procure imediatamente um mecânico e tente mudar de posto de gasolina.

Evitar os horários de pico

Muitas pessoas não sabem, mas é possível fazer exatamente o mesmo trajeto de carro, gastando muito menos combustível, dependendo de como está o trânsito.

Acelerar e frear a todo momento consome mais combustível do que percorrer todo o caminho em uma velocidade constante.

Se for mesmo necessário sair na hora do rush, é interessante usar aplicativos de GPS que auxiliam a navegação. Além de chegar mais rápido aonde você precisa, isso também vai ajudar a economizar combustível.

Enfim, são várias as práticas que podem ajudá-lo a economizar com o custo de um carro, é preciso apenas colocá-las em prática para que você veja no final do mês a diferença no seu orçamento. 

Então, procure evitar gastos desnecessários com o veículo e mantenha-o sempre em bom estado para reduzir os danos comuns do seu uso constante.

E aí, o que achou deste post? Quer mais? Então, siga-nos nas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin) e fique por dentro deste e de outros assuntos!

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio