VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Quatro Rodas

Troca de pastilha de freio: Quando realizar?

Você sabe o momento da troca de pastilha de freio? Ainda que não seja uma pergunta que você ouça todos os dias, a verdade é que a resposta precisa estar na “ponta língua” – principalmente se você utiliza o carro como meio profissional, como é o caso de um motorista de aplicativo.

Embora a pastilha de freio não seja o item mais lembrado por muitos motoristas, ela é uma peça essencial para a segurança do veículo. Um desgaste a mais pode resultar em prejuízos financeiros e, principalmente, acidentes de trânsito.

Por isso, é fundamental estar com a manutenção em dia e sempre saber o momento da troca de pastilha de freio. Para explicar mais o assunto, preparamos este artigo com os pontos mais importantes.

Continue acompanhando e boa leitura!

O que é a pastilha de freio?

A pastilha é um dos componentes do sistema de freio, sendo fundamental para a segurança do veículo. Ela funciona a partir do acionamento do freio, fazendo pressão contra o disco que está fixado à roda. 

Sem a participação da pastilha, o sistema de freio basicamente não é capaz de fazer as rodas pararem com segurança, pois o acionamento vai direto para o disco, o que pode causar instabilidade. 

Benefícios da pastilha de freio

Além disso, a pastilha de freio é uma peça que apresenta benefícios próprios, tais como: proporciona maior dissipação do calor gerado pela frenagem e evita o acúmulo de sujeira.

Quando realizar a troca de pastilha de freio?

Quando falamos da troca de pastilha de freio é preciso entender que se trata de uma peça que se desgasta naturalmente por causa da fricção. Ou seja, basta você utilizar o carro que o item irá se desgastar.  

Dessa forma, fica claro que a duração da pastilha dependerá da forma como você utiliza o veículo. Por exemplo, se você costuma realizar freadas bruscas, a tendência é um gasto rápido.

Caso você seja adepto à direção defensiva e utilize o freio da maneira correta, o desgaste tende a ocorrer em um maior espaço de tempo. Vale a pena, não é mesmo?

De qualquer forma, é sempre indicado seguir as recomendações do fabricante para o momento correto da troca de pastilha de freio. Em geral, este período é de 30.000 a 40.000 km rodados.

Porém, é interessante realizar a revisão preventiva da peça a cada 5.000Km rodados – podendo ser em 3.000km dependendo do seu tipo de direção.

Para evitar surpresas, você precisa estar com o calendário de intervenções em dia, sabendo exatamente o momento para a troca de pastilha de freio. Atenção e cuidados com a segurança sempre são bem-vindos.

A troca de pastilha de freio gasta é fundamental para garantir a segurança do motorista, dos passageiros e também das pessoas ao redor.

Pastilha de freio gasta

Por ser uma peça determinante para a diminuição da velocidade e parada total do carro, o maior problema que uma pastilha de freio gasta pode causar é exatamente o insucesso dessas operações.

Imagine, de repente, você acionar o pedal do freio e perceber que o carro não está parando. É uma situação que ninguém gostaria de passar, não é mesmo?

Além disso, não realizar a troca da pastilha de freio quando indicado pode trazer instabilidade na direção por causa do atrito direto no disco do motor. Portanto, não deixe chegar a este ponto e fique atento aos sinais.

4 sinais de problemas na pastilha de freio

Tanto o sistema de freio quanto o próprio veículo apresentam fatores apontando o desgaste e a necessidade de troca da pastilha de freio. Confira alguns sinais:

1. Espessura da pastilha

Uma vistoria diretamente na peça é capaz de lhe mostrar o estado real do componente. Caso a espessura da pastilha esteja inferior a 2mm, a troca deve ser feita de forma imediata – os valores também podem variar de acordo com o fabricante. 

2. Rachaduras 

Além disso, fique atento também a rachaduras e outros sinais “trincados”. Essas condições indicam que a peça ultrapassou seu limite de desgaste e precisa ser substituída.

3. Acionamento do freio

Já no veículo, ele aponta sinais no momento do acionamento do freio. Ao pisar no pedal, caso o freio demore a responder ou apresente barulhos metálicos, significa que a pastilha está no final da vida útil.

4. Luz no painel

Por fim, em alguns modelos mais modernos, uma luz amarela também aparece no painel do carro quando o desgaste da pastilha está abaixo do recomendado. Então, vale a pena ficar atento. 

Como conservar o sistema de freio do seu carro?

Como vimos, mesmo o desgaste da pastilha de freio sendo algo natural, há formas de melhorar o seu uso e trazer maior segurança para você e seus passageiros, por exemplo: 

Enfim, além dessas dicas, é essencial que você realize as revisões periódicas, pois elas são responsáveis por apontar o momento correto para a troca de pastilha de freio. 

Jamais postergue a compra de um novo componente, tenha em mente que isso pode trazer risco a segurança de todos no trânsito. Manutenção em dia é sinônimo de tranquilidade.

Além disso, se você é motorista, isso pode atrapalhar seu rendimento e sair mais caro que o necessário.

Agora você já sabe qual a importância da troca de pastilha de freio e como identificar os sinais que o veículo te passa, não é mesmo? Confira outros conteúdos no nosso blog e fique por dentro da Vida de Motorista!

Boa viagem

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio