VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Quatro Rodas

O que precisa ser conferido em uma revisão veicular?

Muitas pessoas confundem revisão veicular com vistoria veicular, o que é normal! E por isso, é importante que você conheça as suas principais características. Neste post, em especial, falaremos em detalhes sobre a revisão veicular.

Vamos nessa?

Para entender melhor, a revisão veicular é um procedimento que serve para você rodar tranquilamente. Ela te previne de acidentes e garante o bom funcionamento do seu automóvel. Seu processo dá a condição necessária para você circular em segurança com o seu automóvel dentro das determinações da lei. 

Mas quando ela deve ser feita e o que é checado neste procedimento?

Ficou interessado e também possui algumas dessas dúvidas sobre revisão veicular? Então continue lendo esse post, pois nele você vai saber quais os itens que devem ser verificados durante o procedimento.

Qual é a periodicidade da revisão veicular? 

Cada modelo de carro tem o período certo para fazer a revisão veicular, certo? No entanto, normalmente, a recomendação é que ela seja feita a cada seis meses ou a cada dez mil quilômetros rodados. 

Mas procure olhar no manual do proprietário do veículo, tudo bem? Assim você terá os dados específicos sobre o seu veículo.

Por que a revisão veicular deve ser feita?

Realizar a revisão veicular da forma correta proporciona o melhor funcionamento possível do automóvel, oferecendo segurança e qualidade em seus serviços e viagens.

Realizar a revisão veicular da forma correta proporciona o melhor funcionamento possível do automóvel, oferecendo segurança e qualidade em seus serviços e viagens.

A revisão veicular deve ser feita devido a medida preventiva que ela proporciona a você e ao seu veículo. Acredito que você não vai deixar ela de lado, né?

Ela trará muitos benefícios a vida útil do seu automóvel, uma vez que ela checa o funcionamento de todos os sistemas, peças e dispositivos.

De certo, há um desgaste natural de peças por causa do tempo de fabricação do veículo e a forma como elas são cuidadas. Sendo assim, as peças deverão ser checadas por um mecânico profissional. 

O que deve ser checado na revisão? 

Na revisão são feitos reparos, calibragens, substituição de velas, filtros, luzes, óleo de motor, sistema elétrico, correias, equipamentos de segurança e pneus. Muitas coisas, né? 

Por isso, listamos neste post todos os itens que não podem ficar de fora do procedimento. Confira abaixo: 

Motor e auxiliares 

O motor possui sistemas auxiliares que garantem o bom funcionamento do automóvel. Na revisão veicular é verificada a lubrificação do motor e dos seus auxiliares, evitando assim o superaquecimento e o rompimento dos componentes. 

Quando você não faz essa revisão a cada 10 mil quilômetros rodados, corre o risco de quebrar ou fundir as peças do motor do automóvel. Não queremos isso, pense só no gasto! 

Filtro de óleo

O filtro de óleo serve para reter impurezas que prejudicam a ação do lubrificante que é reduzir o atrito entre as peças. O óleo deve ser trocado entre 10 mil e 15 mil quilômetros ou sempre que você fizer a troca de óleo. 

Desta forma, as impurezas dispostas no filtro antigo não passam para fluído novo. 

Filtro de combustível

É necessário trocar a bomba de combustível para que ela não sofra danos e não tenha entupimento do sistema por impurezas no tanque. Se atente a esse detalhe que parece simples, mas é muito importante!  

O filtro deve ser trocado a cada 15 mil quilômetros. 

Correia dentada e tensionadores 

Em toda revisão veicular, as correias dentadas devem ser trocadas, pois sofrem com desgastes e folgas na correia e nos tensionadores. 

A correia dentada dura em média 50 mil quilômetros.  As demais passam de 20 mil. 

Óleo do motor

A troca de óleo é mais uma verificação imprescindível realizada na revisão veicular,assim como tantas outras que frisam os principais detalhes para o bom funcionamento do automóvel.

A troca de óleo é mais uma verificação imprescindível realizada na revisão veicular,assim como tantas outras que frisam os principais detalhes para o bom funcionamento do automóvel.

A falta de óleo pode danificar o motor do automóvel, prejudicando muito a vida útil do automóvel e do seu bolso também! 

Na revisão veicular é usada uma vareta para ver o nível do óleo. Se o óleo estiver alto demais, pode vazar para outros sistemas entupindo os canais. Se estiver baixo, não conseguirá lubrificar o motor e fundirá a peça.

Em relação a revisão do óleo, ela deve ser feita sempre que possível. No caso do óleo mineral, a cada 5 mil quilômetros e a cada 10 mil quilômetros o óleo sintético.

Filtro de ar 

Essa peça limpa o ar que é usado pelo motor durante a combustão e garante o combustível necessário para o carro andar. Ela também deve ser trocada a cada 15 mil quilômetros. 

Sistema de Exaustão

O sistema de exaustão é composto pelo exaustor e o escapamento do carro. Ele elimina os gases nocivos que são produzidos pela combustão. 

Ele também reduz a poluição do meio ambiente, uma ótima razão para recorrer a revisão veicular também, né? 

Na revisão veicular são medidos os níveis de ruído do escapamento. Todas as peças são verificadas e substituídas quando necessárias. São checados o coletor (responsável pelos gases do motor), o abafador (que elimina sons graves e agudos), silenciador e catalisador (que filtram os poluentes dos gases). 

Quando a revisão veicular não é realizada no sistema de exaustão, o automóvel corre o risco de não controlar os gases e os sons do motor do automóvel. Além disso, circular com o sistema de exaustão defeituoso acarreta multas graves conforme o artigo 230 do Código Brasileiro de Trânsito. 

A revisão veicular no sistema de exaustão deve ser feita a cada 20 mil quilômetros. 

Sistema elétrico

Todos os componentes do carro são verificados no sistema elétrico. São medidos alternador, fios de aterramento, descarga da bateria e todas as lâmpadas e fusíveis do automóvel.

Circular com problemas neste sistema é correr o risco de sofrer com descargas na bateria e até pane elétrica. Em relação a revisão, ela deve ser feita pelo menos uma vez por ano ou quando você ou o mecânico detectarem falhas nos faróis, na ignição do veículo ou no painel. 

Por isso, sempre que possível, dê uma olhadinha nos faróis, ok?

Sistema de Transmissão

Nesta fase da revisão veicular são verificados muitos itens, entre ele: 

Lembre-se sempre que o sistema de transmissão defeituoso prejudica a performance do motor do automóvel e provoca desconforto ao dirigir

A revisão veicular no sistema de transmissão deve ser feita uma vez por ano ou sempre que você tiver dificuldades ou ruídos no momento de trocar a marcha. 

Sistemas de Suspensão e Direção

O sistema de suspensão e direção é o que faz da sua viagem muito mais confortável e segura, pois um volante que não te permite conforto, com certeza não é a melhor opção.

O sistema de suspensão e direção é o que faz da sua viagem muito mais confortável e segura, pois um volante que não te permite conforto, com certeza não é a melhor opção. 

A suspensão é uma peça importantíssima do automóvel pois ela o mantém estável durante o seu movimento. Igualmente importante, a direção, ela conduz o carro conforme a orientação do motorista. 

Se atente sempre a essas duas peças, você pode senti-las mais facilmente, por isso, é  mais fácil notar quando elas apresentam alguma problema! 

No sistema de suspensão e direção são verificados as molas e amortecedores. Também são analisados o alinhamento e balanceamento. Este procedimento é importante, pois evita interferências nos ângulos de direção e facilita no conforto e na segurança dos ocupantes do carro. Você concorda?

É importante realizar o alinhamento depois da troca de pneus, quando estiverem desgastados.  O procedimento deve ser feito a cada 10 mil quilômetros, tudo bem? 

Freios

Esse é um dos itens mais importantes dos automóveis. Os freios são dispositivos de segurança, merecem a sua atenção! Não se esqueça deles. 

Na revisão veicular, veja a troca de fluído que transmite a força do pedal para as rodas, observe o desgaste em discos, pastilhas, freios, lonas, sapatas, pinças e cilindros mestres para evitar acidentes no trânsito.

A revisão dos freios pode ser feita entre 10 mil e 20 mil quilômetros. 

Injeção eletrônica e ignição

A injeção eletrônica melhora o rendimento do motor do automóvel, enquanto a ignição gera o fogo que inflama a mistura ar-combustível nos motores à combustão. 

Na revisão veicular, deve-se verificar a cada 30 mil quilômetros os cabos e as velas do automóvel. Também é importante limpar o sistema de injeção eletrônica para que as impurezas não se acumulem no interior das peças. 

Faça isso a cada 20 mil quilômetros rodados.

Andar com o sistema de injeção em mal estado vai trazer muitos problemas com o consumo elevado de combustível. Não queremos gastos desnecessários com isso, certo?

Itens de segurança

Os itens de segurança do automóvel evitam ou minimizam os riscos e efeitos de um acidente. Eles reduzem os impactos das lesões ao condutor e passageiros. 

Na revisão veicular, são analisados dispositivos como pneus, suspensão, vidros, espelhos, sistemas de estabilidade e tração, freios ABS, ergonomia, faróis e sistema multimídia. 

Também devem ser vistos airbags frontais e laterais, carroceria, barras protetoras nas portas e todo item que mantém o interior do automóvel preservado. São ainda verificados pedais, encosto de cabeça reguláveis e direção retrátil. 

Segurança em primeiro lugar sempre, lembre-se disso!

Por que é importante cuidar do seu automóvel? 

Cuidado nunca é demais, não é mesmo? E com o seu automóvel não é diferente, uma vez que você deseja prolongar a vida útil dele. E quando o assunto é ser motorista de aplicativo, é essencial que esse cuidado faça parte da sua rotina, pois é o seu principal instrumento de trabalho. 

Além disso, a intenção é trabalhar num ambiente confortável e também agradar o cliente, estou certo? Agora que você entendeu as principais características  da revisão veicular, que tal verificar a data da sua próxima revisão? Cuide do seu veículo para andar com segurança!

E então, gostou do nosso conteúdo? Continue acessando o nosso blog para mais dicas, e não se esqueça de compartilhar esses artigos com os seus amigos!

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio