]

Ociosidade no trabalho: como o motorista pode reduzir em 7 passos

Diferentemente de outros tipos de trabalho, ser motorista não garante um salário fixo no final do mês. Você só recebe pelos horários em que está realmente trabalhando. É por isso que a ociosidade no trabalho é um desafio dentro dessa atividade.

Existem maneiras simples pra reduzir o tempo ocioso, e você vai conhecer algumas delas nesse artigo. Confira!

1. Selecionar os melhores horários para trabalhar

Ao longo do dia, todos temos horas de trabalho e horas de descanso. A vantagem de um motorista de aplicativo é que ele tem flexibilidade para escolher como vai distribuir essas horas. E, se o objetivo é reduzir a ociosidade no trabalho, essa distribuição precisa ser feita de maneira bem pensada.

Existem horas em que há mais demanda por carros nos aplicativos, como a hora do rush, as horas de entrada e saída das escolas, o horário do almoço. Existem outras em que a demanda é baixa e, portanto, a chance de que você perca tempo esperando um chamado é maior. Para fugir do ócio, evite esses horários de baixa.

2. Selecionar regiões centrais para trabalhar

Assim como o horário, o local de trabalho também influencia a demanda. Em bairros onde predominam residências, a quantidade de solicitações é menor do que nas áreas centrais, nos entornos de empresas e escolas. Lembre-se de que as solicitações são encaminhadas aos motoristas que estão mais perto do passageiro.

Outra dica importante: se uma corrida levá-lo para uma área mais afastada da cidade, não perca tempo lá, esperando uma corrida de volta. Em vez disso, retorne por conta própria o quanto antes, e compense o gasto extra pegando mais passageiros.

3. Inscrever-se em um aplicativo com mais usuários

O número de aplicativos de mobilidade urbana no mercado está aumentando. Porém, isso não significa que todos eles oferecem as mesmas oportunidades. Alguns ainda têm poucos usuários, pois não são muito conhecidos e não conquistaram a confiança das pessoas.

Para evitar a ociosidade no trabalho, é importante escolher aplicativos (ou, de preferência, um único aplicativo) que tenham muitos usuários. Quanto maior o número de usuários, menor a concorrência entre os motoristas. Dessa forma, você vai conseguir mais corridas e passar menos tempo parado.

4. Não recusar viagens

Atualmente, os aplicativos de mobilidade já permitem que o motorista veja o destino e o valor das viagens antes de aceitar. Por um lado, essa é uma excelente funcionalidade para aumentar ganhos e até para a sua segurança pessoal. Por outro lado, pode incentivar os motoristas a ser exigentes demais com as corridas que vão aceitar.

Em outras palavras, se você nota que a sua ociosidade no trabalho vem aumentando, um dos motivos pode ser o fato de recusar a maioria das viagens à toa. A dica, então, é repensar bem os seus critérios para aceitar e recusar viagens.

Por exemplo, em horários de baixa, você pode aceitar corridas mais curtas. Elas permitirão que você continue circulando, com o mínimo de ganhos para não levar prejuízo. Enquanto circula, certamente aparecerão outras viagens com valor melhor.

5. Comunicar-se com a sua comunidade

É muito comum que motoristas de aplicativo formem comunidades online — como grupos no Facebook e no Whatsapp — onde trocam informações para se ajudar mutuamente. Se você nota que o ritmo de trabalho está esfriando, use alguns minutos para buscar recomendações nessas comunidades.

Pergunte aos outros motoristas da sua região onde eles estão circulando e como está a demanda nessas áreas. Você pode conseguir boas dicas para conseguir mais corridas, em lugares inesperados.

Por exemplo, se houver um grande evento em um bairro ou cidade próximo, do qual você não está sabendo, alguém na comunidade vai avisá-lo. Eventos são grande oportunidade para os motoristas. E assim, com a simples dica de um colega, você descobre uma maneira de driblar a ociosidade no trabalho.

6. Transformar o tempo parado em tempo útil

Não é porque você está parado que não pode fazer algo útil, que ajude o seu desenvolvimento profissional. Você pode aproveitar os horários em que está aguardando um novo passageiro para aprender ou para adiantar tarefas burocráticas. Isso fica ainda mais fácil graças aos avanços da tecnologia, que você pode levar no seu bolso.

Então, algumas sugestões são:

  • Aprender um novo idioma (o que é muito útil para motoristas que regularmente levam passageiros estrangeiros, por exemplo, se você circula bastante próximo a um aeroporto);
  • Ler as notícias mais recentes (uma maneira de encontrar assuntos para discutir com os clientes, desde que você pegue alguns passageiros que gostam de conversar);
  • Ler artigos sobre como prestar um serviço de motorista excelente;
  • Pagar contas;
  • Contabilizar os ganhos e os gastos do mês.

Tudo isso você pode fazer com o seu smartphone e alguns aplicativos. Outras alternativas incluem aproveitar esse tempo livre para limpar o carro, abastecer, checar o nível dos pneus, verificar o estado do óleo, e outras pequenas atenções com o seu veículo. Ele é o seu meio de trabalho, então, cuidar bem dele nunca é uma perda de tempo. 

7. Se tiver ociosidade no trabalho, saiba como agir

Em alguns dias, é impossível evitar um período ocioso no trabalho. Nesses casos, é bom que você saiba como agir. Afinal, não se trata simplesmente de uma questão de produtividade, mas, também, de segurança. 

Então, se você está sem passageiros, fique atento — especialmente à noite! Seja parado ou circulando, busque ruas bem iluminadas, movimentadas, de preferência próximo a comércios abertos, e em locais que você conhece. Com essas medidas, você pode evitar tornar-se alvo de assaltos e sequestros.

Nesse post, você descobriu sete maneiras de acabar com a ociosidade no trabalho ou, se não houver saída, maneiras de lidar com ela da forma mais adequada. Coloque-as em prática hoje mesmo, para obter melhores resultados e aumentar ganhos!

E se a ociosidade é um problema pessoal? Muitas pessoas têm dificuldade para se concentrar no trabalho se não estão dentro de um escritório, com um chefe cobrando. Se você é assim, pode ficar tranquilo: existem maneiras de lidar com a situação! Aproveite para ler nosso artigo sobre “Como trabalhar por conta própria sem perder a produtividade”, e saiba mais!

Compartilhe nas redes sociais:
Blog Comments

Muito bem atendido. Apesar que deficiente auditivo parcial lado oe e do lado od profunda. Mais assim que os passageiros entra ao carro eu aviso que sou surdo. Para cliente que fique tranquilo. Mais hj vou começar corrida… Obrigado pelo comentários

Deixe um comentário