VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Motorista App

Como trabalhar por conta própria sem perder a produtividade?

Trabalhar por conta própria já não é mais uma novidade tão grande assim. Muitas pessoas abriram mão do emprego fixo em troca de flexibilidade e do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Se você decidiu ser motorista particular, parabéns! Faz parte desse grupo cada vez maior de pessoas.

Mas essa decisão também traz seus próprios dilemas. Por exemplo: sem a figura do chefe para fazer pressão, será que você consegue manter seu nível de produtividade? Sim, isso é possível! Basta conhecer as técnicas certas.

Nós criamos um passo a passo simples para você ver que não é preciso muito para atingir uma produtividade alta ao trabalhar por conta própria. E então, vamos começar?

Estabelecer metas

O primeiro passo para ser produtivo é entender o que produtividade significa para você. Para alguém que vai trabalhar como motorista apenas nas horas vagas, cinco horas por semana pode ser bom; mas seria muito pouco para alguém fazendo esse trabalho em tempo integral, concorda?

Estabeleça suas metas de trabalho. Você pode usar medidas diferentes, como horas dirigindo, quantidade de corridas ou valor recebido. Essa será sua referência para determinar o nível de produtividade que está atingindo.

É muito importante que a meta seja realista. Não tente ganhar R$ 1 milhão em um mês. Se fizer isso, provavelmente vai enfrentar a chamada “síndrome de burnout”, causada por cansaço e frustração no trabalho. Em vez disso, pense em números que você realmente pode atingir e procure aumentá-los pouco a pouco.

Manter o foco

Quando você começa a trabalhar por conta própria, é fácil perder o foco, já que não tem ninguém para ficar de olho no seu rendimento. Essa é a principal armadilha que pode acabar com sua produtividade.

O segredo para manter o foco é dividir muito bem trabalho, descanso e lazer na sua mente. Desse modo, você pode trabalhar a hora que quiser; mas, nesse horário, deve estar concentrado apenas nessa atividade. Evite ao máximo interromper suas corridas para resolver assuntos pessoais, como fazer compras ou ir ao banco.

Ter cuidado para não exagerar

O passo anterior pode sugerir que você deve dirigir por horas, sem parar. Cuidado! Não é nada disso. Na verdade, já está comprovado que fazer pequenas pausas durante o trabalho ajuda a aumentar a produtividade, independentemente do tipo de função que você exerce.

Por incrível que pareça, quando começam a trabalhar por conta própria, algumas pessoas estão tão animadas com o novo desafio que se esquecem da importância de buscar o equilíbrio. Então, elas chegam ao outro extremo da linha: ficam focadas demais. Esse exagero pode, inclusive, prejudicar sua saúde.

Portanto, enquanto estiver cumprindo a meta diária, não se esqueça de fazer pausas para descansar. Aproveite a flexibilidade de ser motorista e respeite os limites do seu corpo e da sua mente.

Contar com a tecnologia

Se você ainda está aprendendo como ser motorista é porque já conhece as vantagens que a tecnologia pode trazer para quem quer trabalhar por conta própria. Os aplicativos de mobilidade urbana são exemplo por oferecerem praticidade, segurança e a possibilidade de conseguir mais passageiros.

E não para por aí! Você pode usar outros recursos para automatizar algumas tarefas “burocráticas” do cotidiano e ser mais produtivo. E não estamos falando de ferramentas mirabolantes, mas de alternativas extremamente acessíveis!

Um bom exemplo são os aplicativos de controle financeiro, que você pode usar para registrar seus ganhos e gastos. Esse controle é importantíssimo para o seu planejamento pessoal. Em vez de lidar com planilhas ou anotar à mão, coloque as informações no app! Além de ser muito mais prático, ele ainda gera relatórios para que você consiga visualizar como está usando seu dinheiro e melhorar sua saúde financeira.

Outro exemplo são os aplicativos de calendário ou agenda. Já que você vai trabalhar por conta própria, precisa gerenciar seu tempo. Com um aplicativo desses, fica fácil planejar todas as suas atividades pessoais e programar essas tarefas para as horas em que não vai estar dirigindo. Além disso, para não perder o controle, é possível criar notificações para te lembrar quando estiver na hora daquele compromisso importante.

Tentar otimizar seus resultados

Produtividade não é simplesmente sinônimo de “trabalhar mais”. Na verdade, o ideal é trabalhar “melhor”, de maneira inteligente. Para quem está aprendendo como ser motorista particular, o que isso significa? Basicamente, você precisa descobrir em que momentos do dia, ou em que lugares, o seu trabalho rende mais.

Por exemplo: você já sacou que as chances de pegar passageiros com corridas mais longas aumentam quando está perto do aeroporto. Esta pode ser uma forma de aumentar ganhos. Ou encontrou um ponto de atenção em que a demanda por motoristas é alta em determinado bairro da cidade. Descobrir suas próprias rotas pode te ajudar a conseguir mais passageiros e a atingir sua meta em menos tempo.

Conforme você ganha experiência trabalhando com os apps de mobilidade, fica cada vez mais fácil atingir suas metas sem tem que trabalhar tanto. Basta tomar algumas decisões bem-pensadas.

Tratar o carro com respeito

O ambiente à sua volta tem impacto direto sobre a produtividade. Pense em um escritório: se a mesa está bagunçada, o funcionário tem dificuldades para manter um ritmo consistente.

Para um motorista, essa relação também é válida, apenas com uma diferença: o carro é seu local de trabalho, é como se fosse a sua empresa. Se você quer atingir a alta produtividade, deve tratá-lo com respeito, deixando o veículo sempre limpo e organizado. Você vai passar algumas horas dentro dele, e quem gosta de ficar no meio da bagunça?

Existe ainda outro ótimo motivo para tomar esse cuidado: seus passageiros vão perceber as condições do automóvel. Um carro malcuidado vai provocar avaliações negativas.

Mas a limpeza não é o único aspecto que você deve observar. É preciso ainda mais atenção em relação à manutenção do veículo! Se você for negligente e não fizer as revisões necessárias, seu carro pode parar a qualquer momento. E, sem o seu instrumento de trabalho, a produtividade do motorista cai para zero. Então, tome cuidado!

Trabalhar por conta própria é um desafio que exige responsabilidade. Mas se você estiver disposto a encarar a vida de motorista particular com seriedade, vai descobrir muitas vantagens nessa atividade!

O que você achou desse passo a passo para não deixar a produtividade cair? Compartilhe este conteúdo com seus amigos nas redes sociais e ajude outras pessoas que querem aprender como ser motorista!

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (1)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio
  • Waze X Google Maps: veja quem ganha essa batalha - Vida de Motorista

    […] Um trajeto rápido pode deixar o passageiro mais satisfeito e, principalmente, aumentar a sua produtividade e a quantidade de corridas feitas em um […]

    Responder