VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Dicas

9 dicas para evitar roubo de carro enquanto trabalha

Quem tem um veículo como ferramenta de trabalho precisa tomar alguns cuidados, já que, a cada dia, aumentam os perigos quando o assunto roubo de veículos. Se adotadas, algumas práticas podem inibir a ação de criminosos e salvar o motorista desse aperto.

Pensando nisso, preparamos este artigo para que você se ligue em nove dicas para proteger o seu carro quando está trabalhando como motorista. Por mais que algumas pareçam velhas conhecidas, muitos profissionais se esquecem e, no dia a dia, acabam abrindo brechas para a atuação de criminosos.

Para quem tira o seu sustento nos aplicativos para motoristas, a segurança deve ser prioridade. Confira agora!

1. Atenção ao trânsito congestionado

Dirigindo em via congestionada? Atenção redobrada! Observe os movimentos que acontecem ao seu redor, principalmente se tiver pessoas transitando entre os carros. Veículo parado é uma verdadeira isca para ladrões. Use os três espelhos retrovisores como seus aliados.

2. Distância também é segurança

Ao parar em uma via que esteja com o farol fechado, é muito importante que você mantenha uma distância segura entre o seu carro e o veículo da frente. Isso vai permitir maior visibilidade e espaço, caso aconteça alguma situação de risco e for preciso arrancar rapidamente para sair de cena.

Caso seja possível, apenas diminua a velocidade ao chegar perto do sinal fechado, sem parar o veículo por completo e deixe sempre a primeira marcha engatada. Assim, se algum ladrão chegar perto, ficará bem mais fácil você dar a partida e fugir daquela situação.

3. Concentração durante o trajeto

É muito comum, quando as pessoas estão dirigindo, se distraírem ao conversar com os passageiros, ouvir música alta, falar ao celular ou até mesmo dar aquele “tapa” no visual e se maquiar.

Além de algumas dessas atitudes nem serem permitidas, a desatenção pode fazer com que o motorista se torne um alvo fácil para o bandido. Então, mantenha o foco durante o percurso e não tenha como hábito essas práticas, pois o custo pode ser muito alto depois.

4. Atenção ao chegar em casa

Apesar de nos sentirmos relaxados quando estamos chegando em casa, a entrada na sua garagem também é motivo de alerta. Essa é uma das ocasiões mais críticas e com altos índices de ocorrências graves — invasão a residências, assaltos e até mesmo possíveis sequestros.

Por isso, observe bem a movimentação na sua rua. Caso você veja alguém ou um veículo com comportamento suspeito, não entre! Dê uma voltinha no quarteirão e, caso não adiante, você pode informar à polícia o que está acontecendo. Nesse caso, contar com o auxílio de sistemas de monitoramento também é bastante eficaz, como câmeras que acompanham a entrada e a saída da residência, já que tem respostas mais velozes se ocorrer algum fato que seja de emergência.

5. Quanto menos visibilidade, melhor

Dificulta muito para um bandido agir quando ele não tem a visão total do interior do carro. Manter as janelas fechadas com películas protetoras que diminuem a visibilidade interna aumentam sua segurança. Geralmente, o assaltante prefere abrir mão do alto risco por não ver direito quem está dentro do carro.

Sem saber se o motorista é homem ou mulher, se está sozinho ou acompanhado ou quais os objetos estão nos bancos pode diminuir bastante as possibilidades de você ser um alvo em potencial.

6. O poder dos serviços de rastreamento

Essa dica parece batida ou até mesmo propaganda, mas não é! Com serviços de rastreamento, muitos veículos são recuperados e motoristas salvos.

Em caso de assalto, o motorista pode entregar as chaves e, assim que for possível, entrar em contato com a central da empresa contratada para realizar o trabalho de rastreamento. Apesar do susto, são altas as chances de recuperar o seu bem.

7. Rotas pensadas em regiões mais seguras

Atualmente, a violência vem tomando enormes proporções, principalmente nas grandes cidades. Por isso, tem se investido tanto em equipamentos que tragam mais segurança às ruas. Assim, é muito importante que quem trabalha nessas regiões dirija pelas avenidas que possuam câmeras de segurança ou locais de policiamento.

Os locais de maior movimentação são sinônimo de segurança para o motorista. Optar por dirigir onde tenha maior fluxo de pessoas, evitar percursos por bairros e ruas vazias, principalmente ao trabalhar no período da noite, são atitudes que fazem a diferença.

Faça pesquisas sobre os bairros que você não tenha familiaridade: é preciso conhecer para evitar perigos. Existem dados sobre níveis de violência das regiões das cidades e, caso tenha que percorrer locais como estes, mantenha a velocidade constante e esteja pronto para manobrar o veículo se perceber alguma situação de perigo.

8. Nada de reagir ao bandido armado! 

Mesmo com todas as cautelas, as surpresas desagradáveis podem acontecer. Se você for abordado no seu carro por alguém armado, tente manter a calma e não reaja e nem faça movimentos bruscos. Fale apenas o que for perguntado e sinalize cada movimento que você for fazer, como passar o celular, pegar a carteira, e assim por diante.

Assim que for possível, procure ajuda da polícia.

Uma forma de aumentar a segurança do seu patrimônio é contratar o seguro do carro, pois os planos cobrem o prejuízo caso o seu veículo seja roubado ou furtado.

9. Tecnologia como aliada

Alguns aplicativos para motoristas oferecem suporte para a corrida do condutor, além de gerenciar as chamadas online e detectar se o cliente é conhecido. Isso evita ações de bandidos que poderiam se apoderar de uma corrida para cometer crimes contra você ou contra terceiros.

Outra questão importante é que os motoristas têm acesso às corridas próximas ao local onde está: sempre são exibidos os passageiros que pedem um carro. A segurança está no cadastramento dos usuários, nas informações de rastreamento das corridas e no suporte que as empresas dos aplicativos oferecem. Exemplo disso é o 99 app que, além de oferecer alertas sobre regiões de risco, também conta com uma central de atendimento telefônico 24 horas exclusiva para casos emergenciais. Vale a pena conferir!

E aí, gostou das nossas nove dicas para evitar roubo de carro enquanto trabalha como motorista? Então, compartilhe este texto em suas redes sociais e ajude seus colegas!

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio