VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Quatro Rodas

10 dicas de carro para prolongar a vida útil do automóvel

Como qualquer outro equipamento, um automóvel vai funcionar melhor se receber manutenção adequada e cuidados diários por parte do proprietário. Com dicas de carro simples, você consegue garantir a alta performance do veículo por muito mais tempo.

Ao cuidar do veículo você não estará só preservando um bem, mas também o seu capital financeiro – tendo em vista o investimento necessário para adquirir um automóvel.

Ou seja, uma iniciativa essencial para quem não gosta de desperdiçar dinheiro.

Mas, e você, quer prolongar a vida útil do seu veículo? Então, continue com a gente e confira 10 dicas de carro para mantê-lo sempre em boas condições.

Boa leitura!

Confira 10 dicas de carro imperdíveis para manter seu carro sempre novo

Alguns cuidados são imprescindíveis para manter o seu automóvel com aparência de novo e ótima qualidade, e para saber como é possível, confira algumas dicas. 

1. Não coloque outros objetos junto à chave da ignição

Vamos começar com uma das dicas de carro que é muito simples, não convencional, mas que pode fazer toda a diferença para o bom funcionamento do seu carro: a chave da ignição do veículo.

Normalmente, temos o costume de colocar objetos junto às chaves que utilizamos no dia a dia. Isso acontece com a chave da porta de casa, do armário do trabalho e, sem dúvida, com a do carro. Mas é aí que mora o perigo.

Ainda que pareça uma atitude inofensiva à primeira vista, reunir vários itens no mesmo molho da chave do veículo pode trazer problema para a ignição. O peso acima do recomendado danifica a parte externa do sistema, podendo causar mau funcionamento em médio prazo.

A dica é não exagerar na adição de objetos. Vale um pequeno brinquedo, uma foto ou até mesmo outra chave só para servir de referência. 

2. Tome cuidado na hora da lavagem do carro 

Lavar o carro corretamente é uma das dicas de carro que podem tornar a vida útil do automóvel muito mais longa. No entanto, se atente a forma correta de realizar essa atividade.

Não é preciso dizer que ficar sem lavar o veículo regularmente pode resultar em grandes problemas, tanto na parte estética quanto no funcionamento dos sistemas, não é mesmo?

No entanto, a falta de atenção na hora da lavagem também é prejudicial.

Por mais que você deseje um carro limpo e brilhante no dia a dia, alguns objetos utilizados na hora da lavagem podem ser muito mais nocivos do que benéficos para a via útil do equipamento.

Em lavagens a seco, por exemplo, normalmente são utilizados grandes esfregões para facilitar a limpeza. Todavia, se não forem manuseadas com cuidado, essas ferramentas causam arranhões que danificam a pintura da lataria.

Então, seja em uma lavagem em casa ou em um lava-jato comercial, atente-se ao material utilizado para a limpeza do veículo. Um descuido é o suficiente para que você tenha que gastar altos valores em uma nova pintura. 

3. Calibre os pneus regularmente 

Essa pode até ser clichê entre as dicas de carro, mas com a correria do dia a dia, muitas pessoas acabam se esquecendo de cumpri-la corretamente.

A calibragem refere-se à pressão do ar recomendada pelo fabricante dentro dos pneus do veículo. É uma ação relativamente simples, sendo executada sem maiores dificuldades por qualquer condutor, mas que nem sempre é seguida à risca. 

Vários estudos já foram feitos por fabricantes de pneus mostrando o quanto o desempenho de um veículo diminui quando os pneus não estão calibrados.

Mas não é só a performance do carro que está em jogo, a segurança do motorista também é colocada em risco. Sem a devida calibragem, a probabilidade de derrapagens e até mesmo de explosão dos pneus aumenta consideravelmente.

Nesse sentido, vale muito a pena parar por alguns minutos em um posto de combustível ou em uma borracharia para colocar o nível de pressão adequada nos pneus do seu automóvel.

4. Abasteça em postos de confiança

Abastecer num posto de gasolina de confiança trará ao seu automóvel muita qualidade no movimento, mas também nos demais serviços. Por isso, opte sempre por um combustível de qualidade.

Não é incomum acompanharmos reportagens na televisão ou em grandes sites sobre adulteração de gasolina e outros tipos combustíveis. Infelizmente, essa ainda é uma prática comum.

Por isso, estar atento a essas dicas de carro é uma ótima forma de cuidar do seu automóvel por dentro e por fora.

É bem provável que, em algum momento, você, ou algum dos seus amigos já tenha abastecido em um posto com esse tipo de adulteração. A grande questão é que, além de ser crime o posto realizar esse tipo de atitude, a gasolina adulterada pode prejudicar e muito o motor do seu carro.

Não se arrisque, o preço que você acredita estar economizando em um combustível de procedência duvidosa é pequeno se comparado aos gastos que essa ação mal pensada pode trazer.

Desconfie sempre de postos que trabalham com valores abaixo da média do mercado, e priorize marcas com credibilidade e bom histórico no setor de combustível. 

5. Verifique o nível de óleo semanalmente 

Assim como a gasolina, o óleo do motor é essencial para o funcionamento do carro. Sem ele o carro pode até ligar, mas você não vai muito longe, além de prejudicar o seu motor caso você ande sem óleo. 

Trata-se de um produto específico, com objetivo de oferecer diversos benefícios para o motor, por exemplo:

Por isso, é essencial que você verifique regularmente o nível do líquido no compartimento do carro. Em alguns veículos é possível fazer isso no painel eletrônico. Porém, se esse não for o seu caso, você pode facilmente conferir pela paleta indicadora do óleo – todo automóvel contém uma.

É interessante que essa verificação seja feita semanalmente ou, no máximo, quinzenalmente. Se o nível estiver baixo, vá direto ao mecânico ou a um posto de gasolina de confiança (lembre-se de uma das dicas de carro dada anteriormente) para fazer uma reposição. 

Não se esqueça também de acompanhar o tempo de quilometragem. Perto dos 10.000 KMs rodados após a colocação do óleo é imprescindível a realização da troca – independentemente do nível apresentado. 

6. Atente-se aos “avisos” da parte elétrica

Analisar a parte elétrica é uma das dicas de carro mais valiosas, pois elas proporcionam muita segurança ao condutor e aos passageiros, iluminando a pista entre muitas outras finalidades. Sempre que possível, confira todas as luzes, incluindo a de ré.

É claro que só um especialista pode dar um diagnóstico completo sobre a parte elétrica do seu automóvel. No entanto, é importante que você se mantenha atento aos detalhes.

Afinal, os principais sistemas de um veículo estão ligados à parte elétrica. Se você estiver atento, pode evitar problemas e gastos maiores no futuro.

Mas em quê prestar atenção? Pode até parecer algo complexo, mas a maior parte dos detalhes elétricos pode ser observado facilmente da cadeira do motorista, por exemplo:

Sempre que essas situações acontecerem, é recomendável procurar um especialista. Se você for pegar a estrada, visite a oficina antes para fazer uma revisão mesmo que não haja nenhum defeito aparente. É melhor garantir do que ter uma surpresa no meio da estrada.

7. Escute os ruídos da suspensão 

Essa dica de carro é um complemento da anterior. Como você observará os detalhes da parte elétrica, aproveite para se atentar a quaisquer ruídos da suspensão do veículo. Esse sistema também tem papel determinante para o bom desempenho do carro e para a segurança dos ocupantes. 

É ele quem absorve os impactos externos apresentados, principalmente, pelas irregularidades das pistas. O alinhamento do veículo e uma boa dirigibilidade também são benefícios do sistema de suspensão.

Mas com o tempo ou devido a sucessivas pancadas externas, a suspensão começa a apresentar defeitos e desgastes. É aí que uma atenção mais apurada pode fazer diferença tanto na vida útil do automóvel quanto no bolso do proprietário.

Em comparação com a parte elétrica, os defeitos da suspensão são muito mais perceptíveis para uma pessoa leiga. Uma vez que o sistema está desgastado, os ruídos se tornam constantes e até mesmo incômodos.  

O ideal é que você visite o seu mecânico antes de chegar a esse ponto. Mas caso comece a ouvir barulhos vindos da suspensão, não pense duas vezes.

8. Não faça acelerações bruscas e repentinas

Acelerações bruscas e repentinas podem fundir o motor do carro, te deixando na mão e dando muito prejuízo. Por isso, se atente a essa dica de carro tão importante, e procure não realizar freadas bruscas.

Muitas vezes, a vida útil do carro é diminuída graças a ações rotineiras – as quais acreditamos ser inofensivas. Um bom exemplo disso são as acelerações bruscas realizadas no meio do trânsito. Você pode até não saber, mas isso é altamente danoso para o seu veículo.

O fato é que o motor sempre estará quente enquanto o veículo estiver em movimento. Ou seja, toda vez que você estiver indo para o trabalho, para a escola ou para casa, o motor do seu carro tende a funcionar como o esperado.

No entanto, ao acelerar bruscamente durante o trajeto você aumenta a temperatura do sistema de maneira repentina, sobrecarregando o arrefecimento e trazendo riscos para peças importantes como:

Se desejar acelerar durante a viagem, faça isso naturalmente. Permita que o motor trabalhe de maneira correta e dentro dos seus limites.

9. Tome cuidado na hora de estacionar

Muitas pessoas acreditam que estacionar significa parar o veículo em qualquer lugar, desligar a chave da ignição e trancar as portas. Infelizmente, para elas, não poderiam estar mais equivocadas. Os cuidados na hora de estacionar o automóvel são tão importantes quanto, por exemplo, a calibragem dos pneus.

Quando você para o seu veículo, além de expô-lo a perigos externos, como os raios de sol ou mesmo falta de segurança, também corre o risco de tomar multas caso esteja em local inapropriado. A cautela aqui deve ser total. 

Essa é uma das dicas de carro que parecem óbvias, mas fazem toda a diferença: estacione sempre em locais permitidos e evite deixar as rodas viradas – além de aumentar o espaço geográfico do veículo sem necessidade, você causa danos aos braços da suspensão.

Prefira também estacionamentos cobertos para proteger o automóvel dos raios de sol. O contato direto e por tempo prolongado provoca manchas e defeitos na lataria – e também esquenta o interior do carro. 

10. Conduza com precaução 

Essa, provavelmente, é a mais relevante das dicas de carro. Sem uma condução segura e inteligente, as outras ações acabam ficando em segundo plano. Afinal, ao conduzir sem o devido cuidado, é o seu bem-estar físico que entra em jogo.

A direção defensiva é sempre a mais indicada no trânsito. 

Dirigir sem nenhuma precaução não traz nenhum tipo de benefício. A vida útil do seu carro será reduzida com certeza, e você colocará a si mesmo e a outras pessoas em perigo.

Com essas 10 dicas de carro você estará assegurando a durabilidade do veículo, bem como, a economia em manutenção e peças. O automóvel é um item de valor, cuidar dele da forma correta evitará desperdício de dinheiro e tempo. 

Siga as nossas indicações e garanta bons anos de rodagem com o seu carro.

Que tal ompartilhar essas dicas de carro com seus amigos? Desta forma, nenhum deles passarão por imprevistos que poderiam ter sido evitados, certo?

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio