VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Já sou motorista

PARE! Você conhece as principais regras de trânsito?

Acidentes e irregularidades no trânsito, de níveis leves a graves, são, infelizmente, uma das realidades de quem trabalha todos os dias na rua. Eu tenho quase certeza de que você já presenciou um desses casos, e tudo que mais desejou foi nunca passar por aquilo. Acertei?

Para começar, o primeiro passo é não negligenciar as regras de trânsito. Mas você sabe pra que servem e quais são? A gente te conta! 

A regras de trânsito existem para que a locomoção seja mais segura, eficiente e, sobretudo, mais humanizada, principalmente em cidades mais movimentadas, por isso, ignorá-las pode trazer muitos resultados negativos.

Portanto, se você é um motorista profissional ou não, saiba que respeitar as regras de trânsito é fundamental para ter sempre boas avaliações por parte dos seus passageiros, por exemplo, garantindo mais serviços e fidelização.

Ficou curioso para saber mais sobre as regras de trânsito? Continue com a leitura deste artigo e contribua para um trânsito mais seguro!  

Conhecer as regras de trânsito é uma obrigação?

SIM, conhecer as regras de trânsito é um obrigação, seja você um motorista profissional ou não. É desta forma que podemos nos prevenir de acidentes. 

Assim, para que o trânsito seja cada vez mais seguro, participativo, viável e, principalmente, respeitoso, conhecer as regras de trânsito é o primeiro passo uma rotina muito mais segura e tranquila.

E já que é uma obrigação, por que não aprender muito mais agora?

Qual a importância das regras de trânsito?

Entender a importância das regras de trânsito é essencial para proporcionar segurança a você, ao seu passageiros e aos demais motoristas. Por isso, esteja sempre atento a elas.

A importância da regra de trânsito é, resumidamente, proporcionar segurança aos motoristas, passageiros e pedestres

Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, as principais causas de acidentes no trânsito envolvem:

Para, juntos, evitarmos o aumento desses números, é essencial conhecermos mais detalhadamente quais são as regras de trânsito no Brasil. Contar com dicas de segurança no trânsito é também uma ótima opção.

Agora é o momento, pegue a sua caneta para anotar quais as principais regras de trânsito. Pronto?

Conheça as principais regras de trânsito

O Artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro é taxativo quando se refere às principais normas de conduta para o trânsito em vias abertas:

Em relação às preferências, o CBT prevê que:

A respeito do porte em relação ao fluxo prioritário nas faixas de circulação:

Em relação às ultrapassagens, o CTB prevê que:

Os limites de velocidade

As regras de trânsito são essenciais para que as vias estejam sempre em harmonia, funcionando cada vez com mais qualidade. Mas para isso, é necessário que todos conheçam e sigam essas regras. Por isso, faça a sua parte!

O Código Brasileiro de Trânsito também prevê, em seu Artigo 61, quais são os limites de velocidade a serem seguidos pelos motoristas.

Conheça:

Nas vias urbanas

Em vias rurais

Quando em pista dupla:

Em rodovias de pista simplificada:

Por fim, nas demais estradas:

As velocidades acima valem tanto para o perímetro urbano quanto para o rural, e elas podem ser alteradas. Isso depende, de forma única, dos departamentos de trânsito locais, que podem determinar, através da sinalização, o comportamento esperado para cada trecho.

Cuidar do limite de velocidade é algo que está totalmente sob nosso controle, por isso, podemos nos atentar mais a isso, né?

9 regras de trânsito essenciais para todo condutor

Seguindo as regras de trânsito, dirigir ficará muito melhor, principalmente em horários de pico entre outros momentos que poderiam te estressar.

Agora que você já conhece mais detalhadamente as regras de trânsito, é hora de saber, no geral, o que fazer para que o trânsito seja mais qualificado. O que acha?

1 – Cinto de segurança

Todas as pessoas que estiverem ocupando o veículo devem usar e permanecer o tempo todo com o cinco de segurança afivelado.

Aquelas que estiverem no banco traseiro têm igual responsabilidade consigo e com os demais ocupantes do veículo. E o mesmo vale para você, que vai chamar um 99, Uber ou Cabify!

2 – Assento de segurança para crianças

Todas as crianças com até sete anos e meio de idade devem sempre utilizar equipamentos apropriados para sua faixa etária. Não se esqueça disso, é muito importante, ok?

Para os bebês, é imprescindível a utilização do bebê conforto sempre afivelado de acordo com as instruções do fabricante. Para as demais crianças, a utilização se divide entre cadeirinha e assento de elevação, respeitando a faixa etária.

As crianças de um a quatro anos devem usar a cadeirinha, que é um equipamento de segurança essencial para protegê-la de acidentes. Já as crianças de quatro a sete anos devem utilizar o assento de elevação.

É importante ressaltar que até mesmo em veículos de transporte particular ou táxis as crianças devem utilizar os acessórios correspondentes à sua idade.

3 – Respeite a faixa de pedestres

Nenhum motorista é apenas motorista, em tempo integral, não é verdade? Nós todos somos pedestres em algum momento do nosso dia e proteger a vida de quem caminha é indispensável.

Portanto, respeite a faixa de pedestre e toda a sinalização que se encontra nas vias. Não avance e nem pare nas calçadas. Tenha sempre muita atenção na saída de garagens.

4 – Embriaguez ao volante

Além de crime, dirigir embriagado é uma das maiores causas de mortes no trânsito em nosso país.

Apesar de o CBT determinar a chamada Lei Seca, ainda são muitos aqueles que abusam do álcool e insistem em dirigir. Se beber, não dirija! Chame um parceiro de app e chegue em casa com mais segurança!

5 – Ciclistas no trânsito

A lei determina que se deve guardar uma distância de pelo menos 1,5 metro de todo ciclista no momento da ultrapassagem. No entanto, somente entre janeiro e março de 2019, 16 ciclistas morreram em acidentes de trânsito. E isso somente na cidade de São Paulo.

Guarde sempre a distância necessária, assim como dita as regras de trânsito.

6 – Respeite sempre os limites de velocidade

Como trouxemos antes, o CTB é taxativo em relação aos limites de velocidade e ultrapassá-las é  de uma infração das regras de trânsito.

Portanto, para ser um bom motorista respeite a essas regras de trânsito e esteja sempre atento ao limite de velocidade de cada via. É necessário também lembrar que escolas e outros lugares com grande número de pedestres exigem pouca velocidade.

7 – Cuidado com motociclistas

Nos últimos dez anos, apenas no Brasil, 2,5 milhões de pessoa se tornaram inválidas permanentemente por conta de acidentes envolvendo motos.

Em relação à mortes provocadas por acidente com moto, foram mais de 200 mil nesses últimos dez anos. Por conta desses dados alarmantes, é necessário sempre reforçar que motociclistas devem sempre usar seus equipamentos de proteção.

Assim como os demais automóveis devem respeitar esse motoristas.

8 – Respeite as vagas para idosos e deficientes

Respeitar as vagas destinadas para idosos e deficientes não é só uma questão de seguir a lei.

É, sobretudo, um ato de gentileza que melhora a vida de todos que querem desfrutar de um trânsito mais seguro.

9 – Celular e trânsito não combinam

Usar o celular enquanto conduz um veículo leva a momentâneas perdas de atenção em relação ao tráfego. E isso é muito perigoso: para você, os demais carros e passageiros. 

Procure se atentar sempre a isto, ok?

O simples ato de atender uma chamada ou digitar uma mensagem pode causar acidentes graves. Se precisar atender a uma chamada, pare em local seguro!

Viu só como conhecer as regras de trânsito é importante? Procure sempre segui-lás, e se surgir qualquer dúvida, escreva pra gente nos comentários. 

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio