VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Quatro Rodas

Cuidados com a caixa de marcha: 8 dicas importantes!

Quando falamos sobre cuidados com o veículo, há diversos pontos sistemáticos e mecânicos para serem analisados, e um dos mais importantes é a caixa de marcha.

Para quem trabalha com serviço de transporte por aplicativos, é fundamental ter um carro com a saúde em dia. 

No artigo de hoje destacaremos a importância e os cuidados necessários com a caixa de marcha do seu automóvel. Vamos lá? 

Mas afinal, o que é a caixa de marcha? 

A caixa de marcha, conhecida também como caixa de câmbio, é responsável por multiplicar o torque que sai do motor do carro e chega até as rodas.

Sem ela, o carro não tem força para sair do local. Ou seja, é ela que gera a velocidade do veículo. 

Quais são os tipos de caixa de marcha?

Existem quatro tipos de caixa de marcha. São eles:

Entender como funciona, quais são os tipos de caixa de marcha e como isso afeta o veículo é importante para conseguir identificar sinais de possíveis desgastes.

Cada um dos tipos tem suas especificidades. Veja agora quais são as diferenças entre eles:

Manual

O tipo de marcha mais comum no Brasil é o câmbio manual, no qual uma embreagem é usada manualmente para selecionar a marcha desejada.

Automático

No câmbio automático é necessário apenas decidir se o veículo irá para frente, para trás, se irá estacionar ou se irá ficar neutro, sendo excludente a necessidade do pedal de embreagem.

Automatizado

Já o automatizado é um misto de manual e automático, mas neste caso também não há a presença da embreagem.

CVT

Por fim, o câmbio de Transmissão Continuamente Variável (CVT) não faz uso de engrenagens para controlar a força transmitida às rodas, mas sim um conjunto de correias com tamanho variável.

8 dicas de cuidados essenciais com a caixa de marcha: 

Separamos dicas de uso importantes para prolongar a vida útil e um funcionamento perfeito da caixa de marcha do seu veículo. 

  1. Evite deixar o pé sobre a embreagem enquanto dirige;
  2. Evite descansar a mão sobre o câmbio após à troca de marcha; 
  3. Mantenha a embreagem regulada;
  4. Evite dirigir em marcha lenta sempre
  5. Não force o carro a trabalhar em marcha acima do necessário;
  6. Não arranque com o carro em segunda marcha;
  7. Troque de marcha sempre que sentir que o carro está pedindo.
  8. Dica para saber se o carro está com a caixa de câmbio desgastada: coloque o veículo em terceira ou quarta marcha, com 55 km/h de velocidade e acelere. Se o motor ficar com RPM alto, mas não aumentar a velocidade, o circuito do câmbio pode estar desgastado.

Como funciona a manutenção da caixa de marcha? 

Você já deve ter percebido que a caixa de marcha é de extrema importância para o funcionamento do veículo, por isso, a sua manutenção deve ser feita regularmente.

Câmbios manuais e automáticos têm necessidades diferentes, mas a revisão do óleo é fundamental, visto que ele não pode estar abaixo do nível recomendado e tem data de validade. 

A dica é realizar a troca de óleo da caixa a cada 60 mil km. Entretanto, é indicado também checar o nível do óleo do câmbio a cada 10 mil quilômetros, ou em casos de algum tipo de vazamento.

Vale ficar atento: não ultrapasse 50 mil quilômetros rodados ou três anos de uso sem trocar o óleo.

É importante estar atento aos sinais e manter a manutenção da caixa de marcha em dia, para sua segurança e dos demais.

Outros sinais de necessidade de manutenção: 

Em suma, é importante manter os cuidados necessários com a caixa de marcha, visto que podem ocorrer acidentes por falha mecânica.

Em casos de sinais de que há algo errado, sempre procure um mecânico especializado. Esse é um cuidado com o seu veículo, com você e com os passageiros. 

Gostou do conteúdo? Acompanhe mais dicas como essas no nosso blog!

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio