VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Quero ser motorista

Vida de motorista: conheça a rotina de quem trabalha dirigindo

É fato que todas as profissões têm desafios, mas também trazem grandes realizações. A vida de motorista é um exemplo de rotina que tem diversos benefícios, como flexibilidade nos horários, nos ganhos e na qualidade de vida.

Ser um motorista particular, que trabalha por meio de aplicativos, é uma opção excelente pra quem deseja ter uma rotina ativa, trocar experiências com os mais diferentes tipos de passageiros e ainda ter bons ganhos, flexibilidade de horários e mais qualidade de vida!

Ficou curioso pra saber mais sobre o dia a dia de um motorista? Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

A rotina de um profissional que trabalha como motorista

O dia a dia de um profissional dessa área pode ser muito dinâmico. Por isso, não é possível estabelecer regras para seu cotidiano. O importante é que haja organização nos horários e que assim seja possível atingir a renda planejada, sem perder a qualidade de vida.

É importante que a rotina seja dividida entre horários pra trabalhar e que haja uma agenda pra organizar e distribuir as horas que precisam ser trabalhadas ao longo do dia e também os momentos em que for preciso cumprir algum compromisso pessoal.

A organização dos horários de trabalho

No tópico anterior, você pôde perceber que não existe uma rotina fixa pra uma pessoa que trabalha no volante. Isso é um grande benefício, claro. Porém, é preciso ficar atento ao planejamento, pra que você possa cumprir suas tarefas pessoais sem que sua atividade profissional fique de lado.

A organização é a parte mais importante de um trabalhador autônomo. Por isso, fique atento às dicas abaixo pra não ter surpresas negativas no final do mês.

Analise sua rotina sem o trabalho

Quais são seus compromissos pessoais diários? Você é responsável por levar ou buscar os filhos na escola, por exemplo? É importante analisar tudo o que você faz diariamente antes de organizar seu plano de trabalho.

Ao identificar os horários em que você tem compromissos durante o dia, fica mais fácil saber em quais momentos do dia poderá se dedicar ao trabalho como motorista.

Defina os horários que são melhores pra exercer sua atividade

Pra decidir quais são os melhores turnos pra trabalhar, é preciso ir além da análise da sua rotina. Faça uma pesquisa com outros motoristas, em grupos de redes sociais e se informe sobre os melhores horários pra rodar na cidade.

Leve em consideração a segurança do horário: à noite, por exemplo, é melhor circular em locais iluminados e dar preferência a ficar próximo de eventos, como shows, espetáculos e restaurantes.

Outra boa dica pra definir em quais momentos do dia trabalhar é ficar atento à agenda de eventos da cidade. Tem um congresso grande em um hotel? Uma feira em um centro de exposição afastado da cidade? Anote esses acontecimentos e se organize pra trabalhar, pois é garantia de conseguir algumas corridas a mais do que o usual.

No dia a dia, porém, tente manter um ritmo que esteja de acordo com o que você estabeleceu como meta. Como é um trabalho autônomo, é preciso cumprir o planejamento pra receber o que você espera.

Tenha uma planilha de controle de horas trabalhadas

Mais um ponto importante na organização do horário de trabalho e pra que você consiga manter o controle dos ganhos. Faça uma planilha com os horários do mês que precisam ser trabalhados pra que você atinja sua meta financeira.

Ao longo dos dias, risque tudo o que você cumpriu e, se por um acaso não conseguiu trabalhar todas as horas propostas inicialmente, sente-se e faça um cronograma pra repor o horário ao longo dos dias que restam no mês.

A flexibilidade pra realizar outras atividades

O lado bom da carreira de motorista é muito extenso: as vantagens de trabalhar por conta permitem que você decida seu horário, planeje suas horas ao volante e também possibilita encaixar outras atividades quando houver necessidade.

A saúde agradece

Uma das grandes preocupações de quem trabalha em um emprego formal, que tem horário pra entrar e pra sair, é sobre a qualidade de vida e a saúde, já que, muitas vezes, é preciso ficar dentro de um escritório fechado apenas pra cumprir as horas exigidas.

Com o trabalho de motorista, você aproveita seu tempo de ócio pra realizar outras atividades. Uma boa dica é: se você está rodando e não tem muitos chamados, que tal parar na academia pra se exercitar? Ou aproveitar pra resolver alguma burocracia que ficou atrasada?

O tempo ocioso nessa profissão pode ser muito bem aproveitado e certamente sua saúde vai agradecer.

A autonomia pra adequar o trabalho ao seu estilo

No mundo corporativo, um dos desafios que deixa muitas pessoas estressadas e infelizes é a falta do poder de adaptar o modelo de trabalho ao seu estilo de pensar e de viver.

Ao ser motorista particular de tempo integral, o indivíduo tem total autonomia pra conciliar sua profissão com seu modo de vida, distribuir seus compromissos da maneira que quiser, trabalhar no final de semana se houver necessidade e aumentar ganhos conforme a demanda financeira da sua família.

As vantagens de trabalhar fora de um escritório formal

O modelo de trabalho atualmente passa por transformações e isso significa que as pessoas têm mais flexibilidade pra conseguir uma atividade que se encaixa em seu estilo de vida, sem precisar se limitar a uma quantidade de horas. Ter uma ocupação como motorista particular em tempo integral tem muitas vantagens, confira alguma delas abaixo!

Você tem mais controle de quanto vai ganhar

Sim, ao se tornar um motorista particular, você pode ter mais autonomia e flexibilidade até no salário. Como seus lucros são proporcionais ao quanto você trabalha, é possível dirigir por mais tempo durante o período em que você precisar de mais dinheiro.

A possibilidade ganhar mais em um mês é uma grande vantagem quando você precisa pagar uma conta inesperada ou então quando quer juntar dinheiro pra fazer uma viagem ou trocar seu carro.

Seu horário fica mais flexível

Levar os filhos na escola, fazer uma visita para os pais ou até ir ao médico e ao dentista podem ser tarefas difíceis de fazer durante a semana se você trabalha em um escritório e cumpre determinado horário.

Ao trabalhar como motorista particular, você faz seu horário, podendo abrir uma brecha na agenda pra realizar suas atividades pessoais e repor o tempo perdido mais tarde. É você que controla quando e quanto trabalhar.

A vida de motorista deixa você mais organizado

Trabalhar por conta própria exige responsabilidade, mas essa é uma característica que você adquire ao longo do tempo. Como não há um salário fixo, é você que deve contabilizar as horas diárias necessárias pra ter o valor que precisa pra pagar as contas.

Essa responsabilidade também se estende para a organização das finanças do lar. Como trabalhadores autônomos não têm 13º salário e não recebem pelas férias, planejar e economizar para esses momentos também é importante e pode ajudar você a se tornar uma pessoa mais organizada e cautelosa na hora de gastar seu dinheiro.

É uma solução instantânea pra ter ganhos

Quando você sai de um emprego sem ter outro em vista, a vida financeira pode sair um pouco do controle, já que provavelmente vai levar um tempo até que você se restabeleça no mercado, consiga um trabalho e ainda aguarde até o próximo mês pra receber seu primeiro salário.

Com os apps de motorista particular, você já pode começar a trabalhar assim que seu perfil é aprovado, o que leva poucos dias. Além disso, você tem um retorno financeiro muito mais rápido e não precisa esperar tanto pra receber seus primeiros pagamentos.

A cidade e tudo o que ela tem pra oferecer

Uma grande vantagem de quem tem o volante como sua função principal é poder percorrer toda a cidade e seus arredores ao longo do dia. Além de ser um trabalho dinâmico e que faz a hora passar muito mais rápido, você também conhece praticamente todos os pontos da cidade ao longo do tempo.

Conhecer a própria cidade, saber mais sobre seus restaurantes, bares, casas de shows e eventos é ótimo, também, para seus próprios momentos de lazer em família.

O contato frequente com pessoas de todos os estilos

Conhecer gente nova e entender pontos de vistas diferentes de um mesmo fato ajuda no crescimento pessoal e eleva nossa consciência. Quem trabalha nesse segmento tem o benefício de conversar com muitas pessoas diferentes e, dessa forma, entender melhor o mundo e quem vive nele.

O diálogo é uma ótima maneira de melhorar a comunicação

Se você é uma pessoa tímida e que gostaria de ser mais desenvolto, o trabalho como motorista pode ajudar muito na comunicação. Pra quem já é comunicativo, conversar com personalidades variadas durante o dia pode ajudar a expandir a mente e até a melhorar a maneira como você enxerga o outro.

O contato com pessoas que pensam de forma diferente estimula o respeito ao próximo

Hoje em dia, vivemos em um mundo de redes sociais onde todos podem dar sua opinião, mas dificilmente paramos pra entender o lado do outro. Isso resulta em críticas em excesso, desentendimentos e pessoas mais fechadas a cada dia em seus próprios casulos.

Lidar com o público durante as corridas pode fazer com que você se sinta livre dessas amarras que a modernidade trouxe com a tecnologia. Entender como funciona o pensamento das outras pessoas, por mais absurdo que a linha de raciocínio delas possa parecer, é uma maneira de exercitar o respeito ao próximo.

Em um mundo onde todos estão cada dia mais isolados, ter a oportunidade de conversar com pessoas tão diferentes em apenas um dia de trabalho pode ajudar muito na evolução pessoal, promovendo o respeito e o amor ao próximo, independente das divergências de opinião.

O controle financeiro essencial pra atingir metas

Eis um desafio pra quem trabalha nos aplicativos pra motoristas: ter domínio do próprio dinheiro que entra e também daquele que sai pra pagar contas. Pra manter seus ganhos e gastos em dia, é importante ficar atento a algumas dicas.

Tenha uma planilha de gastos

Planilhas são a base do seu negócio, você já notou, certo? Pois bem, fazer uma planilha de gastos vai ajudar muito no seu controle financeiro. Coloque nela todas as suas despesas fixas, como escola das crianças, contas diversas da casa, parcela do carro, entre outros.

Depois, coloque os gastos variáveis e some tudo. Aí está o valor que você deve ganhar, no mínimo, pra passar o mês.

Além disso, é importante que você separe um montante pra uma poupança e uma parcela pra alguma emergência. Assim, você não fica no aperto quando precisar pagar alguma multa ou qualquer outra conta inesperada.

Defina suas prioridades

Saber o que precisa ser comprado e o que pode esperar ajuda você a controlar seu salário e evita agir por impulso ao entrar em uma loja e ver uma promoção. É preciso definir quais serão as prioridades em família, pra se programar e analisar as formas de pagamento com antecedência.

Programe compras de alto valor

Se você precisa fazer uma compra de algo mais caro, a programação é ainda mais importante. Analise sua planilha e veja qual o mês ideal pra fazer a compra, acompanhe os preços nos sites antecipadamente e tenha em mente o valor que deseja pagar.

É importante analisar, também, a forma de pagamento: se você tem o dinheiro e o desconto à vista é interessante, escolha já pagar 100%. Caso a compra tenha um valor muito alto pra você no momento, calcule o número de parcelas e se elas cabem no seu orçamento.

Estabeleça metas

A organização financeira vai depender muito de você, inicialmente. É preciso que você estabeleça suas metas de lucros por dia e mês, pra calcular toda a logística de como o dinheiro será gasto durante esses 30 dias.

Ao estabelecer uma meta, é importante que você a cumpra. Por isso, é válido colocar um objetivo alcançável, pra que assim você consiga cumpri-lo sem surpresas no final do mês.

A definição de objetivos de lucro por dia e mês

Como você já viu no tópico acima, é importante que você estabeleça metas pra ter sucesso na profissão. Para isso, a organização é fundamental, tanto no gerenciamento do seu tempo, quanto na questão financeira.

No caso de quem trabalha por conta e, especificamente, como motorista de aplicativos, o controle financeiro vai além da planilha de gastos e ganhos: é preciso se planejar pra colocar as metas de quanto se quer ganhar por dia e por mês.

É preciso estabelecer um número

Qual é o salário que você gostaria de ganhar? Essa pergunta deve ser respondida com cautela, sempre buscando uma relação real entre os horários em que você pode trabalhar e qual o valor será recebido por hora.

Pra estabelecer esse número, você deve ter a soma de sua planilha de gastos em mãos, pra ver quanto sua família precisa que você receba pra sustentar esse valor.

Fazer as contas por dia também é importante

Quantos dias você vai trabalhar na semana? Não se esqueça de que a conta para um motorista de aplicativos é feita por dia, e não por mês. Por isso, é importante que você calcule a quantidade de horas e o valor diário que você precisa receber. Assim, fica mais fácil de fazer o controle: não conseguiu ganhar muito em um dia? No dia seguinte, saia de casa mais cedo pra compensar.

Um exemplo de meta média é 1,5 corrida por hora. Ao trabalhar de 8 a 12 horas diárias, é possível tirar, diariamente, de R$200 a R$300. Porém, é preciso muito planejamento, foco e perseverança pra manter o ritmo todos os dias e conseguir o objetivo.

A possibilidade de se dedicar devidamente a sua vida pessoal

O mundo evoluiu e a tecnologia permite, hoje, que sejam criados empregos em que as pessoas tenham flexibilidade pra terem mais qualidade de vida. A vida de um motorista particular, por exemplo, encoraja que esses profissionais passem mais tempo ao lado de suas famílias e se dediquem de fato a sua vida pessoal.

Um profissional desse tipo tem o benefício de poder buscar os próprios filhos na escola, de almoçar em casa com a família reunida todos os dias e pode parar, por alguns momentos, pra levar algum familiar ao médico ou acompanhar em um exame, por exemplo.

Estar perto da família não tem preço e, com certeza, é algo de que você não vai se arrepender no futuro.

Os desafios enfrentados por quem leva uma vida de motorista

Apesar dos muitos benefícios, também é preciso lidar com alguns desafios no cotidiano. É essencial saber quais são eles pra se preparar e não ser pego de surpresa. Abaixo, você vai conhecer algumas dificuldades que o motorista de aplicativos pode sofrer durante sua jornada.

A procrastinação é inimiga da produtividade

Quem trabalha por conta sabe que não há chefes ou superiores todos os dias pra cobrar se o trabalho foi feito ou pedir resultados. O profissional autônomo é dono do seu próprio negócio. Mas, com a liberdade de ter flexibilidade pra poder trabalhar quando quiser, vem também a responsabilidade de cumprir os horários propostos pra que você ganhe diariamente o que foi planejado.

A procrastinação, nos casos dos profissionais autônomos, é uma das grandes vilãs dos resultados satisfatórios. Adiar uma hora pra sair de casa, prolongar a hora do almoço ou parar pra tomar um café demorado na padaria são atitudes que podem prejudicar bastante seu trabalho.

A dica aqui é criar uma rotina e segui-la de maneira rígida: acordar e sair de casa todos os dias no mesmo horário, ter o tempo do almoço estabelecido e cumprido e dê pausas, sim, mas não as prolongue muito pra que não prejudique seu cronograma.

A segurança falha das cidades brasileiras

O Brasil é um país conhecido pela violência que assola todas as cidades. Os motoristas, portanto, não ficam fora do grupo de risco de assaltos e outros crimes, já que têm contato direto com um público diversificado.

Apesar do medo, é importante superá-lo e se proteger, tomando algumas atitudes necessárias pra evitar ao máximo que algo ruim aconteça. Algumas dicas importantes de segurança que o motorista pode adotar são:

Passageiros difíceis de lidar

Outro desafio comum do dia a dia de um motorista é ter inteligência emocional e equilíbrio pra lidar com alguns clientes que passam dos limites dentro do carro. Pessoas embriagadas, mal-educadas e até aquelas que sujam o carro com migalhas de comida precisam de muita paciência.

É importante saber analisar a situação: se for o caso de um passageiro apenas que é grosseiro, por exemplo, o melhor é relevar e evitar conversar com ele ao longo do percurso. Mas, se a pessoa passar dos limites, é preciso ter certo jogo de cintura pra saber agir.

Lidar com pessoas pode ser um diferencial excelente dessa profissão, mas também é preciso muita calma pra agir com quem passa dos limites ou é um pouco desagradável a bordo do seu veículo.

Alta concentração de motoristas em uma região

Esse é um tópico que fica mais no imaginário de quem quer ser motorista do que uma realidade na vida de quem já o é. Sim, há uma grande oferta de profissionais que trabalham dirigindo para os mais diferentes aplicativos em várias cidades do Brasil e do mundo. Porém, é preciso entender que há, sim, espaço pra todos.

Tenha sempre em mente que, quando o profissional é bom no que faz e trata bem seus clientes, o retorno vem sempre em forma de trabalho. Seja empenhado, vá para os lugares com movimento e faça suas corridas. A competição saudável com outros motoristas, quando vista de outra perspectiva, incentiva você a trabalhar mais.

A vida de motorista tem seus desafios, mas seus benefícios são certamente maiores. Na rotina desses profissionais, não faltam bons papos, qualidade de vida, experiência, flexibilidade e boa remuneração: tudo o que qualquer pessoa procura em uma ocupação atualmente.

Agora que você já conhece a rotina de um motorista, que tal compartilhar este texto em suas redes sociais e apresentar essa profissão para os seus amigos?

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio