VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
VIDA DE MOTORISTA
Dicas

Conheça 7 tipos de seguro automotivo e escolha o melhor para você

Há uma série de situações que podem ajudar você a economizar com o veículo e já mencionamos algumas delas por aqui: formas de gastar menos combustível, maneiras de aumentar a sua rentabilidade, a importância da manutenção preventiva do veículo, entre outras. Mas tem uma coisa que você não pode cortar da sua planilha de custos: o seguro.

Afinal, pra quem trabalha como motorista, todo tipo de surpresas pode acontecer no dia a dia e estar preparado para elas é fundamental pra que você desempenhe essa função com tranquilidade e segurança. Pra quem é taxista ou motorista particular, por exemplo, é preciso levar em conta as despesas que podem ser geradas por conta dos passageiros, caso haja um acidente.

Saiba que há diversos tipos de seguro automotivo e você deve escolher aquele que é melhor, de acordo com o tipo de veículo, como você trabalha e outras situações. Neste post, vamos falar quais são os principais e em que situações eles devem ser acionados. Confira!

1. Seguro compreensivo

Esse é o tipo de seguro automotivo que todo mundo conhece. Com ele, o seu carro está protegido contra furto e roubo, acidentes de trânsito, incêndio, entre outras coisas. Na maioria das seguradoras que oferecem esse serviço, o seguro compreensivo também protege e indeniza quando há outros carros envolvidos.

Além disso, essa opção apresenta um leque bem diversificado de coberturas, que incluem vidros quebrados, assistência mecânica, carro reserva, danos morais etc. Por ser mais completo, normalmente esse tipo de seguro é mais caro, principalmente se o carro for mais antigo. Em compensação, conforme aumenta o seu tempo de contrato e se não usar o seguro, você vai sendo bonificado e os valores caem ao longo do tempo.

2. Seguro contra roubo e furto

Há pessoas que preferem fazer o seguro automotivo apenas pra alguns tipos de sinistros. Algumas seguradoras oferecem essa alternativa, por exemplo, o que protege apenas contra furto e roubo. As empresas têm instalado nos veículos rastreadores pra que eles possam ser encontrados.

O seguro básico, como essa modalidade é conhecida, pode ter algumas outras vantagens, dependendo da seguradora, que muitas vezes acaba adicionando a cobertura para acidentes, como colisões.

Mas é preciso atenção antes de escolher esse tipo de seguro automotivo: a indenização só é paga se o veículo não for encontrado. Caso o automóvel seja recuperado, você só receberá indenização se houver danos em mais de 75% do valor do carro. Assim, se os ladrões amassarem uma porta, por exemplo, você terá de pagar pelo conserto.

3. Seguro popular

Mais barato ainda do que o seguro contra roubo e furto, essa modalidade chama a atenção pelo nome. O popular oferece cobertura pra colisões parciais e com preços mais baixos. Em alguns casos, há a possibilidade aos segurados de promover o conserto do veículo com peças de reúso. Veja as principais características desse novo tipo de seguro automotivo:

4. Seguro de terceiros

Para quem não quer ou não pode pagar pelos danos ao próprio veículo, mas precisa ao menos garantir que outras pessoas envolvidas em um acidente estejam protegidas, esse é o tipo certo de seguro. Nele, caso você se envolva em um sinistro com outras pessoas, sejam elas motoristas, motociclistas ou pedestres, o seguro vai cobrir danos materiais, corporais e morais.

Isso significa que, pagando a franquia, você poderá arcar com os custos com o patrimônio alheio. É uma opção usada, principalmente, pros motoristas que têm carros muito antigos.

5. Seguro de acidentes de passageiros

Entre os tipos de seguros automotivos, esse é o que o motorista profissional deve estar mais atento. Independentemente da escolha que você fizer, o seguro de acidentes de passageiros deve ser incluído nela, pois ele protege contra os danos que podem ocorrem com os seus clientes quando estiverem no seu carro.

Essa cobertura envolve os casos de morte por acidente ou até invalidez permanente dos passageiros e serve tanto para taxistas como para motoristas particulares e de aplicativos. Muitos deles, inclusive, exigem que você faça esse seguro.

6. Seguro DPVAT

Além de todos os tipos de seguros que mencionamos, há aquele que é conhecido como obrigatório: o DPVAT, que costumamos pagar na hora em que vamos renovar a licença do veículo. Ele é administrado pelo governo dos estados e serve para beneficiar as vítimas de acidentes de trânsito — inclusive o motorista!

7. Seguro para motorista de aplicativos

Como estamos falando com você, que trabalha como motorista profissional e certamente já usa um ou mais aplicativos pra ajudar nessa função, não poderíamos deixar de ser específicos. Saiba que as seguradoras têm planos criados especialmente para o seu caso, que podem ser vantajosos — desde que você sempre preste muita atenção a todos os detalhes do contrato, antes de fechar negócio.

Como dissemos há pouco, o seguro para acidentes pessoais de passageiros deve sempre ser a sua primeira preocupação. Mas como ele serve apenas para isso, é recomendado que o motorista profissional faça uma boa mescla entre as opções que apresentamos neste artigo.

O melhor seria a contratação de um seguro compreensivo, que é o mais completo de todos, cobrindo furtos, roubos, incêndios, colisões e, se você pedir a inclusão, a cobertura de terceiros. Além disso, há aplicativos que oferecem os seus próprios seguros aos seus parceiros.

Sabemos que, se você decidiu ser motorista profissional há pouco tempo, muito provavelmente você já tinha um seguro para o seu veículo. Se for esse o seu caso, recomendamos que você avise a seguradora que está trabalhando com o seu carro. Há duas situações que podem ocorrer: ou a empresa vai fazer um adendo ao seu contrato atual, mantendo as bonificações já existentes, ou vai pedir que você cancele a apólice e faça um novo processo.

De toda forma, não é aconselhável que você não faça esse comunicado oficial. O motivo é simples: caso acabe acontecendo um acidente, a empresa pode descobrir que você estava trabalhando e não pagar a indenização.

Agora que você já sabe como escolher os tipos de seguro automotivo ideais para a sua profissão, que tal ler mais e descobrir algumas dicas sobre como evitar acidentes?

Compartilhe nas Redes Sociais!

Vida de Motorista

Comentários (0)
* Nome é obrigatório
* E-mail deve ser válido
* Comentário não deve ser vazio